História do Município

As primeiras notícias sobre a origem de Jaicós datam de 1731, com a criação de uma aldeia de índios chamada ICÓS (cujo cacique se chamava Jaicó ou Jacó - daí o topônimo do Município, Jaicós), provavelmente pertencente ao ramo Tupi. No início da povoação, porém, o local era conhecido por Cajueiro. Em 1762, a aldeia já contava com 345 índios domesticados e 28 moradias com construção das duas escolas (1766) e já erguida a Capela, deu-se a criação da freguesia em virtude da provisão régia datada em 1801, mais somente em 12 de julho de 1805, quando o Bispo do Maranhão, Dom Luís de Brito Homem, realizou o Ato Episcopal, foi instalada a freguesia que teve como o primeiro vigário Pe. Antônio Delfino da Cunha, as características do núcleo de índios já haviam sido perdidas em 1891, pois sua população possuía cartas variadas através do Decreto Imperial de 06 de julho de 1832, o Povoado Cajueiro foi elevado a categoria de Vila e criado o município, desmembrado de Oeiras, a instalação oficial ocorreu a 21 de fevereiro de 1834, a elevação de sede do município à cidade deveu-se ao Decreto Estadual de nº 03, de 30 de dezembro de 1889.

Organização Populacional

No início, por volta de 1731, a população de Jaicós (na época Cajueiro), era constituída por uma população de 345 índios domesticados, contando-se 28 moradias no Povoado.
Embora tenha se havido uma preocupação governamental de se fazer convergir para pousação todos os índios dispersos, o que se sabe é que aos poucos esta população primitiva foi sendo dizimada e ao mesmo tempo substituída pelos novos habitantes colonizadores.
Nossa população é em sua maioria de mestiços e conta atualmente com aproximadamente 15.859 habitantes, sendo 7.745 de homens e 8.114 mulheres, sendo que a população rural é constituída por 8.484 habitantes e a urbana por 7.375, conforme dados do IBGE - Censo 2.000. Conforme agentes da SUCAN, os dados atuais, apresentam uma população urbana superior à rural e isto se pode constatar devido ao freqüente êxodo rural verificado em nosso município.

FONTE: Pesquisa realizada por alunos do curso de História da UESPI - enviado por Otávio José Veloso
Mighty Free Joomla Templates by MightyJoomla