Religiosidade

  • CATOLICISMO

     

        O Catolicismo teve início com os Jesuítas no momento em que foi construída, em 05 de março de 1723, pelo Padre Tomé de Carvalho, a primeira Capela de Nossa Senhora das Mercês. Este foi também o primeiro Padre a catequizar os primeiros índios, ICÓS.

        Pelos anos de 1791/92, já era apropriado o termo Missão para a comunidade de Jaicós, pois praticamente ali já não havia mais índios. Os habitantes então passaram a insistir freqüentemente na criação da Freguesia. A autorização foi dada pela Coroa Portuguesa em 1801, sendo o Decreto religioso lavrado apenas em 1805, mas a Freguesia foi instalada somente em 1806, tendo como primeiro Pároco o Padre Antônio Delfino da Cunha.

        Em substituição à capelinha edificada pelos Jesuítas, foi erguida, pelo Padre Marcos de Araújo Costa, a atual Igreja Matriz de Nossa Senhora das Mercês. Sua edificação teve começo em 1833 e foi concluída em 1839, sendo uma das melhores da Província.

        Em 1914/15, a Matriz passou por reformas, pelo então vigário, político e grande sacerdote, Cônego Miguel dos Reis Mello, para a edificação de uma segunda torre e corredores do lado esquerdo, ampliando, assim, as instalações e contribuindo para melhorar a estética até hoje mantida.

        A cúpula da Nova Torre, idealizada pelo Cônego Miguel dos Reis Mello, só foi concluída anos mais tarde, pelo novo Vigário Padre José Zimmerman, para as comemorações do primeiro Centenário da Igreja Matriz, no dia 24 de setembro de 1937.

        A primitiva imagem, trazida pelos Jesuítas, esculpida em madeira, com cerca de 43cm de altura, ainda existe, bem guardada e em perfeito estado de conservação. Calculando-se em mais de 200 anos a sua idade.

        A imagem atualmente venerada, também esculpida em madeira foi doada, em fins do século passado, por uma Senhora chamada Ana, esposa de fazendeiro, em virtude de uma promessa para alcançar a graça de ter um filho. Obtida a graça, dirigiu-se com seus escravos a Salvador da Bahia, dali trazendo a imagem nos ombros dos mesmos escravos, em viagem longa e penosa e adquirindo a adesão de muitos habitantes do percurso em toda a caminhada. Chegando a Jaicós conduzindo a imagem, entronizaram-na definitivamente em seu nicho, no altar-mor, onde se encontra até hoje.

        A imagem foi restaurada em setembro de 1979, pelo então Vigário Padre Cândido Poli, readquirindo o seu antigo brilho e beleza, constituindo uma das mais belas esculturas clássicas espalhadas pelo Nordeste.

        Todos os anos, a 24 de setembro, celebra-se com muita solenidade e fervor a festa de N. S. das Mercês, incluída no Calendário de Festas Tradicionais do Estado do Piauí. Cada vez é maior o número de pessoas que acorrem de diversos estados do Brasil para pagarem promessas ou pedirem novos favores à Padroeira de Jaicós, a quem atribuem extraordinárias graças. E não são apenas jaicoenses que vivem em outras terras, mas, filhos de outros estados distantes, inclusive do Rio de Janeiro e São Paulo, incluem-se entre os devotos de N. S. das Mercês, e têm feito questão de participar de sua festa. Além do cunho religioso das celebrações, observa-se um clima de verdadeira confraternização e muita ordem.
        Site da paróquia Nossa Senha das Mercês

     

  • EVANGÉLICOS

     

        A primeira Igreja Evangélica de Jaicós, foi a Assembléia de Deus e foi fundada na primeira metade da década de 70, cujo pastor era Raimundo Batista. Na época de implantação da Igreja não havia fiéis, algumas pessoas se congregavam em casa, o número de pessoas era 4. Atualmente a Igreja conta com aproximadamente 500 fiéis e o Pastor atual é Luís Vieira.

        Dentre outras Igrejas Evangélicas, podemos destacar a Igreja Evangélica Pentecostal Brasil para Cristo, que foi a segunda Igreja introduzida no Município, fundada no dia 05 de abril de 1976, cujo pastor era Rafael João da Silva. Atualmente conta com aproximadamente 800 membros e o pastor atual é José Francisco. A Igreja comemora algumas festas: Festa da Fundação, Círculo de Oração, Festa de Mocidade e a Festa da UFEBRAC (União Feminina Brasil para Cristo). Recentemente aconteceu uma grande perda, a do Pastor João Vasconcelos, o mais ilustre membro.

        Jaicós, ainda conta com algumas outras Igrejas Evangélicas: Uma é a Cristã no Brasil, uma Batista, uma Universal do Reino de Deus, duas Assembléias de Deus Madureira e uma Igreja de Cristo.

     

  • UMBANDISMO

     

        Jaicós conta com alguns Centros. O primeiro centro foi o Salão Centro Espírita Santo Antônio, fundado no ano de 1.974 pelo Senhor Aristeu José de Sousa. O salão contava com aproximadamente 60 membros. A diretoria era composta por o primeiro diretor, um presidente, um secretário, um tesoureiro e alguns fiscais. Atualmente, o Centro encontra-se desativado, por motivo de saúde do proprietário (mestre), mas a parte burocrática ainda permanece regularizada, podendo ser reativado.

        Merecendo destaque a Tenda Espírita Sentinela do Além, cujo Babalorixá é o Senhor Fernando Pereira Brito, vulgo Fernando Macumbeiro, que tem diploma filiado a FEUCABEPI com sede em Teresina. O Centro foi fundado em 25 de dezembro de 1980 e ainda continua em funcionamento até a atualidade. O Centro tem como objetivo analisar o espírito com a nossa linguagem, porque para muitos ele não é nada, para outros, ele é tudo.

        Os espíritos são seres inteligentes da criação de Deus, que povoa o Universo e nos traz claros conselhos de vida.

        Os espíritos tiveram princípio desde a criação do Universo.

        Os outros Centros Espíritas se destacam nas periferias da Cidade.

     

FONTE: Pesquisa realizada por alunos do curso de História da UESPI - enviado por Otávio José Veloso