Cotidiano

  • ONTEM

     

        Antigamente, a população jaicoense concentrava-se mas na zona rural. Na cidade levava-se uma vida tranqüila, sem muitas das preocupações atuais.

        A principal ocupação era agricultura e a pecuária, o comércio era de pouca expressão, destacando a feira livre, que representava a 2ª maior do Piauí. Existia também na época alguns empregos público: coletoria, cartórios, correios, etc...

        A educação era bastante restrita, existindo apenas as três primeiras série do ensino fundamental menor.

        Concluída a terceira série, as famílias mais abastadas levavam seu filhos para o Crato, Teresina e Petrolina, onde após submeter-se ao exame de admissão, concluiriam o ginásio e davam continuidade aos estudos.

        Dessa forma, as pessoas tinham um cotidiano muito simples, os homens cuidavam de suas roças, outros iam para seus comércios ou ainda para algumas repartições públicas. As mulheres dedicavam-se quase que exclusivamente aos afazeres domésticos.

        Ao amanhecer, havia uma movimentação de pessoas que iam buscar água para o consumo doméstico, outras que iam lavar roupas.

        Geralmente, as famílias de melhores condições financeiras, tinham de uma a duas criadas, cabendo à dona da casa, apenas dar as ordens ou também a realização de algumas atividades como o crochê, bordado, costura, etc...

        As crianças e os jovens ajudavam os pais, alguns estudavam, brincavam de roda, esconde-esconde, baladeira, peteca, etc.

        A tarde e a noite as pessoas sentavam descontraidamente nas calçadas ´para conversarem. A noite contavam estórias para as crianças e muitas vezes dormiam aí mesmo até altas horas.

        As diversões incluíam as conversações nas calçadas com os vizinhos, missas de festas e domingos, as festas por ocasião de casamentos e batizados, as festas folclóricas e as visita a parentes e amigos.

     

  • HOJE

     

        Jaicós atual, embora seja uma cidade ainda pouco desenvolvida, sua população já padece dos muitos males que atingem grande maioria da sociedade moderna. A correria desenfreada para sobreviver, os desencontros das pessoas e da própria família, que geralmente passam o dia fora de casa, enquanto os filhos vivem sob a orientação de outras pessoas.

        O desenvolvimento da tecnologia tem influenciado de forma decisiva no comportamento das pessoas, as crianças passam muito mais tempo envolvidas com programas de televisão, com videogame, do que com brincadeiras.

        As pessoas torraram-se mais individualistas, na busca da concretização de seus ideais, onde já não existem mais espaço para o coletivo.

        Atualmente, O Calçadão representa a área de lazer de Jaicós, onde as pessoas se encontram e se divertem ouvindo música, comendo, bebendo ou dançando nos clubes.

     

FONTE: Pesquisa realizada por alunos do curso de História da UESPI - enviado por Otávio José Veloso